Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso fazem paralisação

5 de julho de 2016 CSB Minas GeraisNotícias

Categoria protesta contra atraso no pagamento de salários e benefícios trabalhistas

Cerca de 200 servidores públicos de São Sebastião do Paraíso, em Minas Gerais, realizaram uma manifestação grevista pela cidade, nesta segunda-feira, 4 de julho, reivindicando uma resposta do prefeito, Rêmolo Aloise (PSDB), sobre os atrasos nos pagamentos dos salários, nas aposentadorias e benefícios trabalhistas – como abono salarial.

O movimento foi organizado pela CSB, Federação Única Democrática de Sindicatos das Prefeituras, Câmaras Municipais, Empresas Públicas e Autarquias de Minas Gerais (FESERP-MG) e pelo Sindicato dos Servidores Públicos de São Sebastião do Paraíso (SEMPRE/SSPARAÍSO).

A greve foi deflagrada após o prefeito de São Sebastião do Paraíso (MG) dizer que iria devolver a gestão da Santa Casa da cidade para o Estado. “O prefeito alega que a Santa Casa deve ser administrada pelo governo estadual devido à falta de verba do município para a saúde. Porém repasses dos governos Estadual e Federal, que deveriam ser para uso exclusivo da saúde, estão sendo depositados em uma conta que se refere ao Fundo de Participação do Município (FPM), o que é ilegal. Isso é dinheiro da cidade, que não está sendo usado para servir a população. Além disso, muitos servidores serão demitidos com a mudança de gestão do hospital”, afirmou Maria Rejane Araújo, presidente do SEMPRE/SSPARAÍSO.

De acordo com a dirigente, esta ação do prefeito foi apenas a gota d’água dos problemas que os servidores têm enfrentado na cidade. “Nós temos o atraso na folha de pagamento tanto dos ativos, quanto dos aposentados; horas-extras, porque faz mais de ano que não se paga hora extra, e força o servidor a continuar prestando serviços extras; nós temos a questão das rescisões contratuais, existem trabalhadores que foram demitidos ou pediram demissão há três anos, e ainda não receberam o acerto de contas. A greve irá continuar até termos uma resposta satisfatória da prefeitura”, diz Maria Rejane.

Para Cosme Nogueira, presidente da FESERP/MG e secretário Formação Sindical da CSB, as ações do prefeito de São Sebastião do Paraíso demonstram total despreparo para administrar uma cidade. “Ele está desmontando administração pública da cidade.  Além disso, o não cumprimento da pauta de reivindicações dos servidores acordada entre o sindicato e a prefeitura agrava e muito a situação dos trabalhadores. A situação do município é de luto e indignação porque a cidade é governada por um tirano. Mas todos os tiranos podem ser vencidos. A FESERP-MG e a CSB estão nessa luta junto com os servidores”, afirmou Nogueira.

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Região Sudoeste

Filiado:

Visite Outros:

SEMPRE - SUDOESTE - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais​
35 - 3558 - 1717
sempressp@hotmail.com​
Rua Pedro Gomes do Nascimento n° 55 | São Sebastião do Paraíso-MG | Brasil